Notícia
22 00:31:44/03/2018

Paulo Acioly discute ações de segurança para Satuba em reunião do Ministério Público

 

O prefeito de Satuba, Paulo Acioly, participou nesta quarta-feira (21) da reunião, articulada pelo Ministério Público de Alagoas (MPE/AL), que discutiu as ações estratégicas conjuntas que devem ser adotadas pelos municípios da Região Metropolitana de Maceió para diminuir os índices de criminalidade nessa área. Além de Paulo, também estiveram presentes os prefeitos e os representantes da sociedade civil dos municípios de Pilar, Santa Luzia e Coqueiro Seco.

Segundo o gestor de Satuba, apesar da diminuição dos homicídios registrados no município, a prefeitura tem continuado o trabalho de acompanhamento e discussão, junto ao grupamento da Polícia Militar (PM) que está instalado na cidade, sobre os resultados positivos e negativos obtidos no monitoramento e no combate diário à criminalidade.

“Desde a minha época de vereador, sejam lá quais forem os eventos realizados, as ações executadas, as obras que estiverem sendo feitas na cidade, eu estou sempre nesses locais, porque eu gosto da minha cidade. O que eu quero dizer com isso? Que eu amo andar onde eu moro e eu também sinto a realidade das demandas apontadas pela população porque eu estou sempre nas ruas. Claro que com a segurança não é diferente, mas a nossa parceria com a Polícia Militar, no sentido de se colocar à disposição da corporação, já vem de longas datas, em nome da segurança dos satubenses” disse o prefeito.

Ainda de acordo com Paulo Acioly, o fato do município está cercado por áreas verdes, infelizmente, não colabora com as buscas pelos criminosos, após o cometimento de crimes.

“A gente tem que reconhecer que a nossa cidade é toda cercada por matas que, infelizmente, acabam colaborando para que os bandidos fujam e driblem a polícia. Mas o oitavo batalhão da PM já é ciente e estuda essa questão. Mesmo assim, isso é somente um dos pontos da nossa fragilidade em segurança e nós podemos garantir aos satubenses que todas as outras situações de risco estão sendo discutidas com as autoridades policiais” completou Paulo.

Além do prefeito satubense, estiveram presentes na audiência do MP que aconteceu na Câmara Municipal de Rio Largo, o padre da cidade, representantes do Conselho Tutelar e vereadores do município. A reunião foi encerrada com a promessa da construção do Conselho Municipal de Segurança, por parte de cada uma das cidades envolvidas na discussão. .

 

Por Ascom Satuba