Notícia
16 16:50:42/05/2017

Prefeito Paulo Acioly busca soluções com o DER para o problema da ponte que dá acesso à Santa Apolônia

O prefeito de Satuba, Paulo Acioly, se reuniu nesta terça-feira (16) com o diretor-presidente do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Helder Gazzaneo, para tratar sobre o problema relacionado à falta de manutenção e conserto da ponte que fica às margens da BR-316 e dá acesso ao povoado Santa Apolônia. No último final de semana, parte da estrutura de ligação foi danificada, depois da passagem de uma caçamba.

Após o ocorrido, a gestão municipal tomou todas as providências para garantir que o acesso dos moradores ao povoado, que está localizado na Zona Rural do município, fosse realizado com segurança e ainda na manhã de terça, o prefeito visitou o local.  A situação relacionada à ponte já vinha sendo monitorada pela prefeitura, que assim que tomou conhecimento da gravidade do fato, informou ao Governo de Alagoas, sendo ele o responsável pelos reparos.

Na reunião que aconteceu na sede do DER e também contou com a presença de uma comissão de vereadores da Câmara de Satuba, para cobrar sobre o mesmo problema, Paulo Acioly atualizou o diretor sobre a situação, mostrou fotos da ponte e se colocou disponível para receber uma equipe de engenharia do DER.

“Paralelamente a essa reunião, já providenciamos um relatório fotográfico e um ofício para ser entregue à Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) pedindo providências de caráter emergenciais, para atender às demandas da população, que conta somente com três vias de acesso ao povoado de Santa Apolônia, sendo que duas delas já estão interditadas” disse o prefeito.

Já Helder Gazzaneo, garantiu o apoio do DER. “Nós vamos enviar um engenheiro para analisar a situação dessa ponte e procurar resolver o problema da melhor forma possível. O prefeito se dispôs a empregar uma contrapartida e nós vamos analisar qual é a viabilidade do DER para solucionar esse pleito”

Desde a constatação do problema, os veículos que fazem o transporte escolar dos estudantes e dos servidores até o povoado, não passam mais pela ponte. O trajeto até Santa Apolônia está sendo feito por meio de uma via alternativa e segura, que passa pelas terras da Usina Utinga Leão. A prefeitura continua trabalhando na assistência das famílias que estão sendo afetadas pela situação.