Notícia
12 12:10:22/07/2017

Projeto de reestruturação da ponte de Santa Apolônia é iniciado

O prefeito de Satuba, Paulo Acioly e a equipe de engenharia que será responsável pelo projeto que vai reestruturar a ponte que fica às margens da BR-316 e dá acesso ao povoado de Santa Apolônia, visitaram o local, nesta terça-feira (11), para dar continuidade aos estudos da estrutura que vão nortear o trabalho das equipes de execução. A visita também foi acompanhada pelo deputado estadual Dudu Holanda e por moradores do povoado.

Conforme explicou o prefeito, ao que tudo indica, essa pode ser uma das últimas visitas realizadas, antes do início das obras de reestruturação da ponte, que devem ser iniciadas, assim que os engenheiros finalizarem o projeto que já começou a ser documentado. “Passamos mais de dois meses cobrando do governo de Alagoas os reparos dessa ponte. Muito antes do problema chegar a esse ponto de gravidade, nós já havíamos alertado as autoridades e já buscávamos soluções porque, infelizmente, era uma questão de responsabilidade do governo, onde nós não podíamos passar na frente e fazer. As nossas cobranças acabaram facilitando, também, o trabalho das equipes de reparo, porque quando o problema se agravou, eles viram que nós já havíamos repassado todas as informações sobre a situação, só nos faltava esse apoio” disse Paulo Acioly.

Em maio, o prefeito se reuniu com o diretor-presidente do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Helder Gazzaneo, para tratar sobre o problema e uma equipe de engenharia do DER chegou a visitar a ponte. A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), órgão responsável pela obra, também já havia sido alertada.

Após a gravidade da situação, a gestão municipal tomou todas as providências para garantir que o acesso dos moradores ao povoado, que está localizado na Zona Rural do município, fosse realizado com segurança. Desde a constatação do problema, os veículos que fazem o transporte escolar dos estudantes e dos servidores até o povoado, não passam mais pela ponte.

O trajeto até Santa Apolônia está sendo feito por meio de uma via alternativa e segura, que passa pelas terras da Usina Utinga Leão. A prefeitura continua trabalhando na assistência das famílias que estão sendo afetadas pela situação. Após a finalização do projeto, a empresa responsável pelos reparos vai apresentar o prazo para o início e término das obras.