Notícia
25 13:07:37/10/2017

Prefeito Paulo Acioly apresenta os gastos da Educação aos professores da Rede Municipal

 

O prefeito de Satuba, Paulo Acioly, se reuniu nesta quarta-feira (25) com os professores da Rede Municipal de Educação que estão com as atividades paralisadas, desde a última segunda-feira (23), quando os profissionais anunciaram greve para reivindicar o recebimento dos salários do mês de setembro. Durante a reunião, que aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores, Paulo Acioly apresentou aos mais de 25 professores presentes a planilha que detalha os gastos do município com a folha de pagamento dos funcionários da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

De acordo com o prefeito, a diminuição nos valores do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), repassados aos cofres municipais, tem prejudicado o pagamento de parte da folha salarial.

“Os salários foram reajustados, o custo para o município aumentou, mas as verbas repassadas pelo Governo Federal aos municípios do Brasil sofreram o contrário: diminuíram. Temos uma folha salarial da Educação que chega a ultrapassar os 600 mil reais, mas a gente só recebe 500 mil. O que garantiu a manutenção do pagamento dos salários em dia, nos últimos meses, até mesmo em outras secretarias, como a de Saúde, por exemplo, foi a complementação, por parte do município, da folha salarial, com recursos próprios para evitar que isso acontecesse bem antes” disse o prefeito.

Ainda segundo o gestor, a Prefeitura de Satuba está trabalhando para garantir que todos os direitos dos servidores sejam cumpridos integralmente. “Nós estamos trabalhando, não somente para priorizar o pagamento dos funcionários em dia, mas também para garantir que todos os demais pontos, relacionados aos direitos deles, como 13º salário e os valores de INSS, por exemplo, sejam repassados com a maior transferência possível” comentou Paulo, que disponibilizou, também, durante à assembléia, os extratos de transferência e recebimento de valores das contas da Prefeitura.

Na reunião, que foi acompanhada pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Luis Carlos Lira, e por representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal), a prefeitura se comprometeu a pagar os vencimentos do mês de setembro na quinta-feira (25) e propôs aos professores a criação de uma comissão que deve atuar, junto com a Secretaria Municipal de Administração, no acompanhamento e direcionamento do pagamento às faixas salariais da Semed.

 

Por Ascom Satuba